"Aprende a desprezar as coisas exteriores, aplica-te às interiores e verás como vem a ti o Reino de Deus."

08 setembro 2015

Eis, que nasceu A Cheia de Graça!



Hoje é dia de festa na Igreja,porque celebramos o nascimento da Virgem Maria


"A Igreja tem razão em dizer: "A Tua natividade, ó Santíssima Virgem, anunciou ao mundo inteiro grande alegria".
Quem poderá descrever a alegria que São Joaquim e Santa Ana experimentaram no dia do nascimento da filha?
Que consolo não era para aqueles ditosos pais poderem saudar na filhinha o fruto abençoado do seu estado, a herdeira do nome da nobre família!
Que esperanças mais suaves não lhes revela o doce olhar da menina, reflexo de virtude, de graça, de Grandeza!
Poder-lhe-ia ser reservada honra maior do que esta, de serem os progenitores da Mãe do Altíssimo, os avós de Jesus Cristo, Salvador do mundo?
Foram-lhes cumpridos os santos desejos, realizados os ardentes anelos, ouvidas as orações.
O dia de hoje é um raio de luz que, vindo do céu, traz alegria e consolo à nossa triste vida.
Agora sabemos que já existe a Mãe do Salvador, daquele que de nós tirará o peso do pecado; daquele que romperá o vínculo da escravidão, santificando-nos, atraindo-nos para si e para o Eterno Pai.
Já nasceu a flor de Jessé, que produziu o fruto precioso da Salvação. Nasceu a Mãe de Jesus Cristo, a nossa Mãe. Mãe será de todos os homens que do sangue, esperam a reabilitação na graça dos merecimentos do divino Filho de Deus.
Por uma mulher veio a morte.
 De uma Mulher nos virá a vida."

PENSANDO BEM:

"Não se engana quem de Nossa Senhora espera que no seu aniversário natalício, mais do que em outra época, queira dar testemunho de generosidade, de amor maternal. Não deixes, pois, passar este dia glorioso, sem pedir que a tua Mãe alcance as graças de que mais necessidade tens, para a tua salvação."

(Pe. Amadeu)

 

À vossa proteção nos acolhemos,
 Santa Mãe de Deus, 
não desprezeis as nossas súplicas
 em nossas necessidades,
 mas livrai-nos de todos os perigos,
 ó Virgem gloriosa e bendita.

Sem comentários:

Enviar um comentário