"Aprende a desprezar as coisas exteriores, aplica-te às interiores e verás como vem a ti o Reino de Deus."

22 fevereiro 2013

Novenas das almas



Rezemos neste tempo de quaresma pelas almas.


(De joelhos diante dum crucifixo)
                        Oferecimentos
Altíssimo Senhor, eu Vos ofereço estas orações em união com
 os merecimentos do Vosso Unigénito Filho e Senhor meu,
Jesus Cristo, a quem peço que as receba em desconto e satisfação
de minhas culpas e pecados. As indulgencias que S. Gregório e
outros Pontífices teem concedido a quem rezar estas orações
diante da Imagem de Jesus Crucificado, é minha intenção e
vontade aplica-las pelas almas do Purgatório, segundo a ordem
que for mais do Vosso Divino agrado. Amem.
                           I SAUDAÇÂO
Senhor meu, Jesus Cristo, eu Vos adoro suspenso nessa Cruz,
suportando a Coroa de espinhos em Vossa Sacrossanta Cabeça:
- rogo-Vos que essa nobilíssima Cruz seja o escudo que me livre
 dos ministros da vossa justiça. Ámen. P.N. e A.M.

                            II SAUDAÇÂO
Senhor meu, Jesus Cristo, eu Vos adoro nessa Crus, ferido e
coberto de chagas, onde Vos deram a beber fel e vinagre:
 - rogo-Vos que essas preciosas Chagas sejam o remédio e a
 saúde da minha alma. Ámen. P.N. e A.M.

                             III SAUDAÇÂO
Senhor meu, Jesus Cristo, pela grande amargura que por mim,
miserável pecador, sofrestes na Cruz, principalmente naquela
hora em que vossa Alma nobilíssima deixou o vosso Bendito
Corpo: - rogo-Vos que tenhais misericórdia de minha alma,
quando sair deste cárcere mortal e a leveis á Vida Eterna.
Ámen. P.N. e A.M.
                               IV SAUDAÇÃO
Senhor meu, Jesus Cristo, eu Vos adoro colocado no sepulcro,
ungido com mirra e bálsamos aromáticos: - rogo-Vos que
Vossa preciosa morte seja minha ditosa vida.
 Ámen. P.N. e A.M.

                                 V SAUDAÇÃO

Senhor meu, Jesus Cristo, eu Vos adoro descendo ao Limbo,
para livrar as almas que nele esperavam a vossa tão desejada
vinda: - rogo-Vos, que minha alma não entre naquelas
 dolorosíssimas prisões e escuros cárceres. Ámen. P.N. e A.M.
                                 VI SAUDAÇÃO
Senhor meu, Jesus Cristo, eu Vos adoro ressuscitando de
entre os mortos, subindo gloriosamente ao Céu e assentado
 á mão direita de vosso Eterno Pai:- rogo-Vos que me façais
merecedor de Vos acompanhar até essa Glória e ficar
 gozando da vossa Visão Beatífica. Ámen. P.N. e A.M.

                                   VII SAUDAÇÃO
Senhor meu, Jesus Cristo, Pastor benigno, conservai os justos
na graça, convertei os pecadores, compadecei-Vos de todos
os fieis e favorecei com o vosso santo amor este miserável
pecador. Ámen. P.N. e A.M.
                                     VIII SAUDAÇÃO
Senhor meu, Jesus Cristo, eu Vos adoro vindo ao Juízo final,
Chamando todos os justos ao Céu e condenando os
Pecadores ao Inferno: - rogo-Vos que vossa dolorosa Paixão
Nos livre daquelas penas e nos leve á Vida Eterna.
Ámen. P.N. e A.M.
                                     IX SAUDAÇÃO
O amantíssimo Pai, eu Vos ofereço a inocente morte de vosso
Amado Filho e o amor do seu Divino Coração, por todas as
Culpas e penas que eu, miserável pecador e o mais depravado
De todos, pelas minhas iniquidades tenho merecido. Rogo-Vos
também por todos os meus parentes e amigos, vivos e falecidos:
tende misericórdia de todos nós. Ámen. P.N. e A.M.
                                   Petição final
Senhor meu, Jesus Cristo, que admiravelmente revelastes
 o mistério da vossa Santíssima Paixão ao vosso Bem-aventurado
servo S. Gregório, peço-Vos que a este miserável pecador
concedais a graça de alcançar plenamente aquela remissão
de pecados que o mesmo vosso Venerável  Pontífice com
 abundante autoridade Apostólica, liberalmente concedeu
 a todos os que verdadeiramente se arrependessem e
 meditassem na vossa Paixão. Vós que viveis e reinais por
 todos os séculos dos séculos. Ámen.
(Retirado do livro: devocionario do cristão, + ou - 1940)